Agentes alertam para tratamento de piscinas no inverno

Atuando no trabalho de visita às residências, orientação à população e aplicação de larvicidas em locais próximos ao foco encontrado do mosquitoAedes aegypti, a Vigilância Epidemiológica de Venâncio Aires se depara com um perigo em especial. Dezenas de piscinas particulares não recebem tratamento para a água no período de inverno e servem como importantes criadouros de mosquito.

Para isso, a Secretaria Municipal da Saúde faz um alerta aos proprietários para a necessidade de manter as piscinas limpas ou cobertas durante o inverno. Caso seja constatada reincidência de abandono das piscinas, o proprietário poderá ser multado pela Vigilância Sanitária Municipal.

Conforme o chefe da equipe de combate à Dengue, Vilson Claus, o ciclo de vida  do  mosquito  consiste no nascimento e reprodução em água parada e limpa, em locais como latas, pneus, garrafas, vasos, caixas d"água e piscinas. “Eliminar esses criadouros do mosquito é a melhor maneira de evitar a Dengue. Na piscina, o ideal é realizar a limpeza das bordas uma vez  por semana com uma escova ou esfregão, pois é neste local que o mosquito deposita seus ovos. Também é importante a aplicação de cloro na água e movimentação do motor para evitar que as larvas se reproduzam”, explica Clauss.

O secretário municipal da Saúde, Vilson Gauer, acrescenta que é preciso tratar a Dengue com alerta, pois, apesar de não haver casos confirmados da doença em Venâncio Aires, a presença de larvas do mosquito transmissor já deve servir para redobrar a atenção e as medidas de prevenção.

fonte:http://www.gaz.com.br/

publicado por adm às 20:39 | comentar | favorito