As altas piscinas de Lisboa

São autênticos oásis urbanos: escolhemos três piscinas localizadas no topo de hotéis - além das boas vistas, é garantido o serviço. Quem quiser aproveitar, pode pagar uma entrada e ir a banhos com a cidade como pano de fundo.

Holiday Inn Lisboa, cenário de filme
Nos meses de Verão, o Holiday Inn Lisboa, localizado na parte comercial e financeira da cidade, é o preferido entre as opções da cadeia hoteleira na capital. A razão? A piscina localizada no topo do edifício, num 11.º andar dedicado ao dolce fare niente em altura.
Aproveitando os edifícios de escritórios que enquadram a vista, a piscina já foi o cenário de videoclips de músicos portugueses (o vídeo da música Podem passar mil anos, de Mikael Carreira, é um exemplo popular) que quiseram ter um toque cosmopolita à laia de Nova Iorque ou Tóquio, sem sair de Lisboa.
Ainda assim, a imagem mais frequente no topo do Holiday Inn Lisboa são as sonecas à beira da piscina enquanto os miúdos se divertem dentro de água. A profundidade de um metro pode desagradar a quem tenha a ambição de dar umas braçadas, mas é atractiva para famílias com filhos pequenos. Afinal, a ideia aqui é mais refrescar do que banhar (o que no topo de um edifício em exposição directa ao sol lhe vai saber mesmo bem). 
A entrada na piscina tem um custo de 20 euros e pode ser acompanhada por uma massagem (entre 30 a 60 euros dependendo da escolha) ou por um snack.

Holiday Inn Lisboa, Avenida António José de Almeida, 28-A, 1000-044 Lisboa, Tel.: 210 044 000, www.holidayinn.com


Altis Belém, tranquilidade à beira-rio
Altura pode ser uma coisa subjectiva. No topo do Altis Belém Hotel&Spa a piscina coroa apenas dois andares, mas a vista estende-se na horizontal para uma das zonas mais nobres de Lisboa, com a Torre de Belém, a Ponte 25 de Abril e o Padrão dos Descobrimentos a evocar um momento da nossa História que serviu de inspiração a todo o hotel.
A ordem aqui é para relaxar e, por isso, a piscina é ponto de partida e chegada em complemento à oferta do spa. O BSpa by Karin Herzog tem um quilómetro quadrado e é a porta de entrada para a piscina, já que o acesso à mesma é exclusivo para utilizadores do spa (serviços a partir de 50 euros). 
Para além dos tratamentos que podem ser feitos na tenda ao lado da piscina, com as massagens em destaque, há aulas de tai-chi chuan, chi kung, pilates, watsu, ioga e uma ementa especial de spa cuisine composta por refeições leves e muita informação nutricional. Dentro de água, os jactos laterais distribuídos ao longo da área rectangular da piscina são eles próprios massajantes. 

Altis Belém, Doca do Bom Sucesso, 1400-038 Lisboa, Tel.: 210 400 200,www.altishotels.com


NH Liberdade, celebração da frescura
A piscina no topo do hotel NH Liberdade abriu ao público no ano passado e as filas para entrar deixaram claro que este era um espaço privilegiado no centro de Lisboa. Este ano, a pensar no Verão, houve um reforço da aposta na organização de eventos em torno da piscina. Para além da possibilidade de alugar o terraço que abriga a piscina para festas privadas, o hotel realiza pontualmente eventos abertos a todos à volta da piscina panorâmica (como as Afterwork Parties), inserida num espaço lounge virado para o rio Tejo e a parte antiga da cidade.
Para quem quer mesmo é dar um salto para dentro de água sem as habituais filas para chegar à praia, a piscina do NH é uma boa opção pela sua localização central bem servida de transportes públicos e pelas suas dimensões. Com uma área de cerca de 45 metros quadrados e 1,30 metros de profundidade, é a maior das piscinas em altura. Com todas as possibilidades que o título acarreta. 
A entrada custa 20 euros por pessoa e 30 euros por cada elemento de um grupo.

NH Liberdade, Avda. da Liberdade, 180 B., 1250-146 Lisboa, Tel.: 213 514 060, www.nh-hotels.pt

 

 fonte:http://fugas.publico.pt/

publicado por adm às 01:18 | comentar | favorito
tags: